Em Figueirão, governador entrega ponte de concreto e anuncia R$ 8 milhões em investimentos

Categoria: Notícias | Publicado: sexta-feira, junho 23, 2017 as 08:56 | Voltar

Campo Grande (MS) –  Sonhada pela população local há mais de 20 anos, a ponte de concreto sobre o rio Sucuriú se tornou uma realidade. O produtor rural Antônio José de Oliveira, 73 anos, acompanhava atento a chegada do governador Reinaldo Azambuja para a inauguração. De acordo com o prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, seo Antônio construiu a primeira ponte há décadas atrás. Durante a passagem por Costa Rica, Reinaldo Azambuja, anunciou ainda R$ 8 milhões em investimentos, que serão aplicados na construção de moradias e sinalização viária.

Governador inaugura ponte vistoria obras e assina ordem de serviço em Costa Rica - Foto Edemir Rodrigues (25)

Reinaldo e seo Antônio conversando sobre a construção da primeira ponte.

“Mudei para essa região aqui em 1.973. Aqui tinha uma canoa, que a gente carregava as coisas pro outro lado. Dai eu juntei um pessoal e a gente tirou a madeira da mata local, trabalhamos um ano aqui pra construir a primeira ponte. Arrendei uma serraria, tinha dia de eu ir sozinho pro mato porque os peões não davam conta. Então, ver hoje essa ponte de concreto é mesmo muito gratificante. O Reinaldo melhora muito a vida da gente aqui com essa obra”, relembrou seo Antônio.

A ponte de concreto sobre o rio Sucuriú foi construída ao lado da estrutura de madeira, que está interditada desde maio de 2016. Ao todo são 45 metros de extensão, construída com recursos do Estado, no valor de R$ 1,1 milhão. Localizada na região do Curralinho, distante 50 quilômetros da cidade de Costa Rica, a ponte recebeu o nome de um dos fundadores da região, Lusiano Pereira Rodrigues, por decisão da Câmara de Vereadores, que aprovou a indicação dos vereadores Claudomiro Martins Rosa “Cocó” e Rayner Moraes Santos. O filho mais novo entre 11 irmãos, Nailton Pereira Leite, agradeceu a homenagem durante o evento e disse que sua família vai guardar gratidão eterna, principalmente pelas melhorias que a obra vai proporcionar a todos.

Reinaldo observa ponte nova e a velha que ficou ao lado de recordação.

Para o governador, realizar o sonho da comunidade, que pelo caminho escoa a produção de cereais, a pecuária, o suco energético da cana, é uma enorme satisfação. “Fico muito contente de estar aqui e conhecer de perto todos vocês. Poder realizar o sonho de tantas famílias é uma enorme satisfação para toda nossa equipe. Hoje, entre construídas, em execução e em licitação, temos 90 pontes de concreto espalhadas pelo Estado. Isso significa dizer que em dois anos e meio de gestão, nós conseguimos fazer mais do que foi feito em 40 anos, desde a criação do estado”, declarou.

O pecuarista Titi Catapani, falou em nome dos produtores rurais da região e disse que a ponte vai dar melhores condições de vida para todos. “Estou há 35 anos aqui e muitos políticos já vieram lançar essa obra. Tínhamos problemas para transportar gado, a produção, as crianças para ir à escola. Já chegamos a ficar uma semana ilhados aqui, com a queda da ponte de madeira. Mas agora, o Reinaldo deixa esse legado para todos daqui, com a certeza que não vamos precisar de outra inauguração tão cedo”, disse.

Professora Nádia disse que educação ganha muito com nova ponte.

A professora Nadia Ribeiro Santos, 50 anos, mora há seis anos na região e comemorou a chegada da ponte. “Melhora muito, principalmente para a educação trouxe benefício singular e para a população também. Nossas crianças que vem com a família ou que passam pela ponte pelo transporte escolar vão chegar muito mais seguras às salas de aula”, afirmou.

As amigas Pamela, 10 anos, e Samira, 8 anos, passam todos os dias pela ponte para assistir as aulas na Escola Municipal Belonízia Paulino de Oliveira.

Samira e Pamela aprovaram a ponte nova por onde passam todos os dias para ir à escola.

“Eu passava  aqui desde o primeiro ano e pensava que ia cair. O barulho que a ponte fazia dava medo na gente”, relatou Pamela. Para Samira, a ponte nova ficou muito mais bonita. “Essa aqui é muito melhor, se chover por exemplo, não tem perigo de cair. Além do mais, deixa muito mais bonita para nossa região”, frisou.

Moradias

Lançamento do residencial Flor do Cerrado no município de Costa Rica.

Os moradores de Costa Rica receberam o lançamento do Residencial Flor do Cerrado. Com  100 unidades habitacionais, estão sendo investidos mais de R$ 1 milhão por parte do governo estadual. A obra será concretizada por meio do programa Lote Urbanizado, em parceria com a prefeitura responsável por doar o terreno. Nesta modalidade, o governo entrega o lote com alicerce (fundação, contrapiso, 1ª fiação, fossa e sumidouro) e o beneficiário arca com as despesas de material de construção e mão-de-obra para concluir sua moradia. As casas tem um projeto arquitetônico padrão, com 42,56 metros quadrados.

Valquíria e o marido falam sobre a animação dos filhos com a casa nova.

Valquíria Borges Gaudino, 29 anos, levou a família até o terreno onde vai ficar sua casa. “Desde que eu me tornei maior de idade tento comprar uma casa própria. Nessa inscrição, quando fui me inscrever eu não fui chamada da primeira vez. Eram 100 inscrições e eu fiquei em 135. Como houve desistências, chegou a minha vez. Demorou, bastante, mas meu marido e eu conseguimos. Saber que aqui vai ser a nossa casa é muito bom. Meu coração se enche de alegria ao ver meus dois filhos fazendo planos da cor do quarto deles, de como vai ser a sala. É um sonho que está se tornando realidade”, ressaltou.

Waldeli agradeceu empenho do governador e equipe para melhorar Costa Rica cada vez mais.

O prefeito Waldeli dos Santos Rosa agradeceu a presença de centenas de pessoas que compareceram para acompanhar as entregas. “Nos dá alegria em ver tanta gente aqui, nos apoiando, a sociedade civil organizada e todos os nossos vereadores. Temos a sensação de dever cumprido. Costa Rica tem uma população que está constantemente tomando decisões junto ao poder público. Não tenho palavras para dizer o quanto foi difícil a luta para sermos ouvidos, mas a representação política que o Reinaldo Azambuja vem fazendo junto aos 79 municípios, sem distinção de partido político, tem ajudado muito a nossa população. Só temos a agradecer ao governador e sua equipe por mais essas conquistas”, comemorou.

O vice-prefeito, Roberto Rodrigues, reforçou que “o maior exemplo que Reinaldo tem nos dado é que independente do cenário político, é com trabalho que se vence obstáculos. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Junior Mochi, falou que a boa gestão do governador é resultado de um bom comandante que sabe como direcionar bons soldados”.

Miglioli, Reinaldo e Waldeli em visita ao canteiro de obras do residencial Buenos Aires.

Reinaldo Azambuja visitou o canteiro de obras do Residencial Buenos Aires, onde estão sendo construídas 62 casas, com terreno doado pelo município e recursos de R$ 4,7 milhões viabilizados pelo Governo do Estado e pela União. A construção está com a pavimentação concluída e é financiada e subsidiada por meio do Sistema Financeiro de Habitação, no Governo do Estado faz a captação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para que as famílias possam realizar o sonho da casa própria. As moradias possuem 42,38m² com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço coberta.

Assinatura de convênios em Costa Rica vão beneficiar população.

Durante a solenidade, o governador assinou ainda um convênio para transferir R$ 299 mil, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), para obras de sinalização horizontal e vertical de trânsito que vão organizar o movimento de veículos nas ruas centrais do município, levando mais segurança aos motoristas e pedestres.

Estiveram presentes dona Iraildes, 90 anos, filha do seo José Pereira da Costa, fundador da cidade; o secretário de Estado de Infraestrura, Marcelo Miglioli; o coordenador de Assuntos Estratégicos de Governo, Nelson Cintra; o subsecretário de Relações Institucionais, Alessandro Menezes; os prefeitos de Figueirão, Rogério Rosalin; Rio Verde do Mato Grosso, Mario Krug; Camapuã, Delano Huber; Chapadão do Sul, João Carlos Krug; Paraíso das Águas, Ivan Xixi; os deputados estaduais Mara Caseiro, Felipe Orro e Onevan de Matos; entre diversas autoridades políticas locais e representantes da sociedade civil organizada.

Diana Gaúna – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Fotos: Edemir Rodrigues

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.