Na reta final, obra no Parque dos Poderes ainda requer cuidados para evitar transtornos

Categoria: Geral | Publicado: quarta-feira, maio 25, 2022 as 17:04 | Voltar

Seis meses antes do prazo final (dezembro) previsto no contrato, a reforma do Parque dos Poderes está avançada com 87% dos serviços executados e as melhorias beneficiam não somente quem trabalha ou transita por lá, mas principalmente os frequentadores e turistas.

Quem passa pelas avenidas do complexo já pode desfrutar de um “novo“ Parque dos Poderes, com a estrutura moderna e ecológica e os principais serviços já executados, entre eles a restauração funcional do pavimento, drenagem de águas pluviais, urbanização, implantação de ciclovia, troca de pontos de ônibus, instalação de bancos em diversos locais, além das academias ao ar livre que é um convite à prática de exercícios.

Agora, as equipes trabalham em pequenos reparos, como revestimentos de bancos dos pontos de ônibus, assentamento dos bancos e a finalização das travessias de pedestres, entre elas a passarela elevada que está sendo instalada em frente ao CEI Zedu (Centro de Educação Infantil José Eduardo Martins Jallad), onde os condutores devem redobrar a atenção principalmente em horários de pico. As duas pistas da Avenida Presidente Manoel Ferraz de Campo Sales estão operando em uma faixa no trecho que também fica em frente ao Ministério Público Estadual (MPE).

O novo equipamento proporcionará mais segurança às 250 crianças matriculadas no CEI, conforme destaca a diretora Eliane Flores. “Os carros passam em alta velocidade o que é muito perigoso e já tivemos caso de quase acontecer acidente. As crianças atravessam a avenida com os pais e a gente precisa muito dessa segurança principalmente nas horas de entrada e saída do CEI”, afirmou.

Sinalização

Outro serviço que ainda está sendo executado é a sinalização viária. Conforme a chefe da Divisão de Engenharia, Manutenção e Infraestrutura do Detran, a arquiteta Maria Moura Borba de Oliveira, basicamente todas as placas de sinalização já foram instaladas. “Ainda faltam algumas placas do projeto Quapivara, e alguns detalhes de sinalização horizontal”, pontuou.

Motoristas devem se atentar às placas enquanto a sinalização horizontal, em alguns locais, ainda será instalada

 

 

 

 

Um fato que ocorre com frequência e requer atenção dos motoristas nos retornos das avenidas do Parque dos Poderes, é a conversão incorreta. Em alguns locais a sinalização horizontal ainda não foi instalada, mas as placas já ajudam a orientar o condutor. “Estamos agilizando a conclusão da pintura nesses retornos, onde ficará bem sinalizado facilitando a utilização da via. Recomendamos que o usuário da via faça as conversões com bastante atenção, devagar, seguindo sempre como orientação as placas que ali estão instaladas”, disse Maria Moura.

Ciclistas também devem tomar cuidado ao dividir via com veículos

Ciclistas

O Parque dos Poderes também é usado para a prática de ciclismo e, em alguns casos, mesmo com a ciclovia instalada no canteiro central das avenidas, os ciclistas optam por praticar o esporte na via destinada aos carros, o que não é proibido, mas requer cuidado. "Entendemos que tem aqueles ciclistas que utilizam as vias do parque para treinamento, porém, para isso recomendamos que utilizem essas vias nos horários onde a quantidade de veículos circulando seja menor e nunca no horário de pico", orienta.

Para evitar acidentes, Maria Moura reforça que o ciclista deve também obedecer o que está previsto Código de Trânsito Brasileiro (CTB), de usar o bordo direito da pista, no mesmo sentido dos demais veículos e o motorista também deve se atentar em guardar a distancia de segurança desse ciclista. "Com essas atitudes básicas, conseguiremos diminuir a possibilidade de ocorrências de acidentes", concluiu.

O secretário de Estado de Infraestrutura, Renato Marcílio (Foto: Joilson Francelino)

O secretário de Estado de Infraestrutura, Renato Marcílio, reforça o cuidado que a população deve ter nessa reta final da obra e também posteriormente, na preservação do que está sendo feito. "O Governo do Estado entrega, mas a população tem que ser responsável pelo que recebe", afirma.

A reforma trouxe uma nova pista de caminhada e ciclovias que, para o secretário, precisam ser respeitadas, assim como os limites de velocidade impostos nas avenidas. "Durante a semana tem muita gente trabalhando e no fim de semana é usado para lazer. O Parque dos Poderes é um lugar de contemplação. Com um pouco de compreensão e cidadania, teremos um parque harmônico para todos", disse. Renato Marcílio conclui pedindo um pouco mais de atenção em relação ao lixo jogado em locais impróprios: "Instalamos lixeiras novas em todas as calçadas para deixar nosso parque limpo e preservar a nossa natureza".

Para reformar um dos principais pontos turísticos de Campo Grande, o Governo do Estado investe mais R$ 18,9 milhões. Essa é a primeira reforma completa do Parque dos Poderes desde a sua inauguração, em 1982.

Joilson Francelino, Seinfra
Fotos: Bruno Rezende

Publicado por: Joilson Francelino Santana

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.